O amor é um amor!


Elas gostam de vê-los dançar
elas gostam de vê-los pagar
elas gostam de vê-los comer
elas gostam de vê-los beber
elas gostam de vê-los errar
elas gostam de vê-los perder
elas gostam de vê-los sofrer
elas gostam de vê-los chorar
elas gostam de vê-los galantear
elas gostam de vê-los sorrir
elas gostam de vê-los partir...


Eles gostam de vê-las pedir
eles gostam de vê-las buscar
eles gostam de vê-las comentar
eles gostam de vê-las cozer
eles gostam de vê-las cerzir
eles gostam de vê-las lavar
eles gostam de vê-las passar
eles gostam de vê-las mandar
eles gostam de vê-las decidir
eles gostam de vê-las chegar
eles gostam de vê-las partir...


O que se gosta e o que se tem
o que se gosta e o que se perde
o que se gosta e o que se foge
o que se perde sem querer
o que se perde e o que se esquece
o que se perde e perde tempo a sofrer
o que se perde sem fazer alarde
o que se perde com muito alarde
o que se perde ao meio dia
o que se perde no fim da tarde...


O que se perde sem sede
o que se perde sem saúde
o que se perde sem amizade
o que se perde sem saudade
o que se perde sem felicidade
o que se perde sem liberdade
o que se ganha quando se ilude
o que se perde quando se invade
o que se perde quando se perde a graça
o que se ganha quando se abraça
o que se perde ser semelhante
o que se perde ser diferente...


Vivo entre o transitório e intransitivo
vivo mudando e sou humano
vivo perene e sou divino!


Quando amo eu transito
mesmo sem trânsito livre
bastou amar para descobrir
que amar é humano
para deixar o amor mais sublime.


Amar é transitório
do nascer ao perecer
amar é ganhar e perder...


Já que o amor transita de uma criatura a outra
cuidado, pra ele não ser via de mão única
escorregadia e nebulosa
via com ultrapassagens proibidas
via com ultrapassagens perigosas!


Os mais fortes ditam as regras
por isso reze antes de pegar a estrada
vais partir sem saber se vais chegar
vais partir sem saber se vais voltar
vais partir sem saber se vais sobreviver
vais viajar sem saber mais nada!


Amor não passa de verbo
nunca foi nem será substantivo
entre os verbos foi esquecido
no limbo dos intransitivos.


Amar é impulsivo
amar é compulsório
amar é sucessivo
amar é sucessório!

Clipe