Sala de tortura

vamos ter em casa
coleções de mata-moscas.


Nas lojas de zero vírgula noventa e nove
centenas aguardam trabalho.


Os golpes altos e baixos
nos vão purificar
a cada inseto decepado.


Enfim teremos
uma sala
de tortura
em nosso lar.


Torturaremos ex-maridos, ex-mulheres,
ex-isso e aquilo, vizinhas fofoqueiras,
cães, gatos e os funcionários
da prefeitura.


Bateremos sem pudor
tristeza
alegria
ou vergonha


e ficaremos horas a fio
de tocaia em tocaia
atrás dos cantos escuros.


No verão a cidade
vai abrir suas comportas
a procissões de baratas


e ninguém vai querer perder
a novíssima
literatura.


Os Insetos
serão maestros
de todas nossas nóias.

Clipe