Caprichos & relaxos - Paulo Leminski


a árvore é um poema
não está ali
para que valha a pena

está lá
ao vento porque trema
ao sol porque crema
à lua porque diadema

está apenas

Clipe