Havia no ar um clima


Havia no ar um clima
de rebeldia 
e de saudade
do bom humor
de uma neblina densa
que dá lugar ao sol

um clima 
de miragem
vai dedetizar
as traças
da politicagem

a vergonha na cara
deu lugar a um clima
de apertos de mão
e rima

um clima de impaciência
com a foda malandragem
clima de quem quer fazer 
do cotidiano
necessária 
reciclagem.

(Tiradas do Teco, o poeta sonhador)

Clipe