Diferentes apostas



Ela quer uma flor, ele quer futebol. Ela adora lingerie, ele adora tirar. Ele aposta na mega, ela aposta no amor.

(Palermo Escritor)

Pessoas sempre surpreendem


Pessoas iguais, sonhos diferentes. Pessoas diferentes, sonhos iguais. Pessoas sempre surpreendem.

***
Mendigo em tua porta. Meus olhos vidrados, teu rosto vermelho. Tiro da cartola uma flor. Somos dois loucos.

(Palermo Escritor)

Quando a banda toca


Delícia, acordar ouvindo a banda tocar. Não sei de onde vem a batida, mas é uma doce extravagância despertar no ritmo da infância!

https://twitter.com/PalermoEscritor

Torre de Babel


O facebook é uma torre de babel. Todo mundo canta de galo. Todo mundo bate asas. Vou dar meia-volta e achar o rumo de casa.

https://twitter.com/PalermoEscritor

Sorria, você está sendo elogiado


Voltou o sol. Toda nuvem negra passa. Sorria. Você está sendo elogiado.

(Palermo Escritor)

Anta não raciocina


No outro dia, latas vazias sobre a pia. Pobre, joguei na quina. Mordi a língua. Sem grana, anta não raciocina.

https://twitter.com/PalermoEscritor

Menos eu, todos são príncipes


Príncipes acasalam bebem brigam gozam engravidam divorciam. Eu faço tratamento dentário. Viver é necessário.

https://twitter.com/PalermoEscritor

Sufoco na geral


Levei a mina pra geral do São Luiz. Tinha charanga e amendoim. Ela só quis tomar skol. Logo a mina quis mijar. Eu falei: 
- Mina, não desespere! 
O banheiro era do outro lado da multidão. Mina tomou o rumo da copa. 
Perdi a mina.

... São Luiz campeão! 

Agora a skol tava gelada. 
A mina, com uns carinhas bêbados na copa, nem me viu. 

Viva o São Luiz!!

(Palermo Escritor)

Adeus privacidade


Amores acabam. Lágrimas transbordam rios. Ela bebeu e, no facebook, jogou a privacidade aos leões. Acorda, baby, a cidade tem mil olhos e bocas.

https://twitter.com/PalermoEscritor

Amadores


Não existem bandidos ou mocinhos no amor. Apenas amadores.

(Palermo Escritor)
Siga no twitter https://twitter.com/PalermoEscritor

Apenas hoje


Hoje não discutiremos política.
Hoje seremos visita.
Hoje espiaremos o mundo.
Hoje o silêncio diz tudo.

(Palermo Escritor)

A vida é uma fogueira


A chama arde, arde, sem que ninguém a alimente. Imagem de nossa vida: apagaremos, enquanto a fogueira permanece.
O que você está fazendo para ser lembrado pelos que estão curtindo a fogueira? É a pergunta que tem me assaltado cada vez mais.

A culpa é da loucura


Bebemos e ficamos ridículos. É da vida. A culpa é da loucura, que sempre trapaceia a realidade.

(Palermo Escritor)

Bipolaridade


No face, foi carinhosa, atenciosa e sumiu. Mago, saquei nossa bipolaridade. Adoramos fingir. A nós e a todo mundo. Parecemos BEEEEM felizes!

(Palermo Escritor)

Atestado de óbito - Palermo Escritor


A mesma expressão do rosto
de manhã à tarde
de segunda a sexta
a mesma seriedade.
Isso é viver
ou estar morto?

Não sou mais do que ninguém


Não sou mais do que ninguém.
Navego pra compreender
os outros.
Olhos são espelhos
do tamanho
do meu amor.

https://twitter.com/PalermoEscritor

Livres do desejo?


Se os romances que tivemos foram maravilhosos, me expliquem esse pular de galho em galho, feito macacos livres do zoológico.
(Palermo Escritor)
https://twitter.com/PalermoEscritor

Clipe