Engarrafamento - Roseana Murray


Nada a fazer
no meio do engarrafamento,
a não ser
desamarrar os nós do pensamento.
E se deixar levar
para a longínqua
Transilvânia,
Atlantida,
Passárgada,
para o galho mais alto de um sonho.
E de lá de cima,
olhar o mundo
com profunda
paciência.


Do livro Paisagens. Belo Horizonte: Lê, 1996.

Clipe