COISAS ESTRANHAS ACONTECEM




Estamos intrigadas com o Foguinho, um de nossos melhores amigos de traquinagem. Atrasou-se para o treino da escolinha de futebol
porque se distraiu, na biblioteca da escola, com o autor do Sítio do pica-pau amarelo. Coincidência ou não, nesse dia Rosinha Flor estreou no ataque de nosso time. Sozinha, no meio dos irreverentes craques, jogou e foi o centro dos comentários. Era a mais ajuizada, a única que sabia de todas as jogadas ensaiadas. Ah, e seus dribles eram leves como os versos de Cecília Meireles!

Clipe