LÓGICA - Sidónio Muralha



Eis uma fábula que nos faz pensar a respeito

da exploração do animal ( e do homem) pelo homem,

além de nos chamar a atenção

para o ritmo de vida na sociedade atual.


A preguiça lentamente,

lentamente a balançar,

parece dizer à gente:


- ora essa! ora essa!


Sou eu que vou devagar

ou você que vai depressa?

Clipe