Ela não sabe a força que tem


quando ela aparece com aquele sorriso 
de jeans e floresta de cabelos lambidos 
pra cima e pra baixo com fone de ouvidos 
seu olhar meloso parece dizer 
que o crepúsculo hoje vai se atrasar 
eu fico bobo eu fico paralisado 
não olho não penso não vejo não sinto 
o que rola aqui do meu lado 
basta o seu olhar distraído 
pra tudo parar a viagem 
o trabalho o relógio a novela 
o apito da fábrica e do trem 
e até os sabiás na primavera 
apenas ela é quem surge e vem 
ela linda e adolescente 
e que ainda não sabe
ainda não sabe a força que tem

(Tiradas do Teco, o poeta sonhador)

Clipe