ANALOGIA






Estou comprimido
entre o bem e o mar
loucura e ilusão do sol.
Alegria e beleza
criação e tristeza.
Estou descuidado
como senhor e escravo
passaporte e juízo final.
Iludido como águia
que pousou no meu quintal
aturdido, como vôo inaugural.
Estou esquecido
como bom profissional
nos trilhos, como trem
             ao "Deus dará".
Estou endividado
como santo aposentado
ressabiado, como quem acorda
e não é manhã de sábado
como quem passeia e lava o cão
num domingo ensolarado.
Estou indignado
como futuro com alzeimer
como passado esquizofrênico
como fanático abstêmio.
Estou encurralado
como quem ficou sozinho
e percebeu, neste triste dia,
    que não passa de analogia
                                      analogia
                                           analogia...

Clipe