Charges da Turma do Teco



Guilherme Barrozo & Américo Piovesan

Reproduzem-se hoje, na internet, as velhas estratégias assumidas por alguns, que são a fofoca, intrigas, inveja, ódio, além de outras práticas diárias que visam obter vantagem pessoal, em detrimento do universal. Nas escolas está cada vez mais explícito o bulling, se estendendo para as redes sociais, o chamado cyberbullyng.
A partir de hoje, propomos neste blog a reflexão (através de charges) a respeito de ações que têm implicações ético-morais, no contexto das escolas e da sociedade. Esses fenômenos (o bullyng e o cyberbullyng), são formas de violência que humilham e difamam as pessoas. Nosso objetivo é chamar a atenção da sociedade a respeito da conduta moral, que deve sempre considerar a distinção entre o permitido e o proibido.
Para que haja conduta ética é preciso pressupor a existência do agente consciente - sujeito que sabe a diferença entre o bem e o mal, o certo e o errado, o permitido e o proibido, a virtude de e o vício.
Consciência e responsabilidade são fundamentais para a vida ética. Propomos, neste sentido, um debate com as crianças e jovens das escolas (e toda a população) sobre esse tema, cada vez mais recorrente.
Com este objetivo postaremos semanalmente charges da Turma do Teco. No decorrer do ano de 2012 produziremos material para ser disponibilizado nas escolas, que possibilite a reflexão sobre o tema. Por fim, pretendemos produzir um livro com este material, a ser lançado na Feira do livro municipal, no mês de novembro - a qual, a propósito, tem como tema "histórias em quadrinhos".

Clipe