MAMÃE




Mamãe alistou-se pra guerra
vai saciar a fome das trincheiras

na linha de frente vai o estômago
orações e ladainhas vão atrás.

Nem bem chega o sol
e a casa está arrumada

no rastro
do esquecimento

o vidro de café
sem tampa

o pão na travessa
ao relento.

Quando ultrapassa o quintal
o olhar de mamãe se liberta

o ladrão invadiu
o pátio do visinho

a tia excêntrica
prepara seu funeral

a prima esquisita
não pára de fungar...

Mamãe faz academia
quer estar preparada
pra quando o mundo acabar!

Clipe