O Bandido sabia...




Me parece que boa parte do que rola no facebook começa a fazer sentido ao ler este poema do Paulo Leminski:

“Merda é Ouro

MERDA É OURO

Merda é veneno.
No entanto, não há nada
que seja mais bonito
que uma bela cagada.
Cagam ricos, cagam pobres,
cagam reis e cagam fadas.
Não há merda que se compare

à bosta da pessoa amada.”

Clipe