Fome


"Eu não quero faca nem queijo, 
eu quero é fome" (Adélia Prado).

Não basta me apressar, se estou distante do paraíso.
Não basta querer vencer, se amanhece e fico triste.
Não basta entardecer, para ganhar o teu sorriso.
Não basta me encolher, se quero amor e auto-estima.
Não basta te encontrar, se não partilho esse teu ritmo.
Não basta te intuir, se eu não sei como fazer.
Não basta me contemplar, se eu não quero passar em branco.
Não basta me maquiar, se eu não quero levar um tombo.

A lua veio me seduzir, mas me empolguei e errei o pulo.
O sol veio me iluminar, mas eu surfei e caí no mundo.

Não basta inventar um nome,
se eu não tenho a tua fome!

Clipe