CONTAÇÃO DE HISTÓRIAS NO IMEAB - João Boboca ou João sabido?




Na Contação de histórias que praticamos no IMEAB/Ijuí, nas turmas de pré até quartos anos do Ensino Fundamental, nos esforçamos para aproximar as histórias mais significativas que foram criadas pelos grandes autores (as), com o universo dos alunos em sala de aula. Ao mesmo tempo, pretendemos que os alunos vivenciem a experiência de serem autores/escritores.

Nosso objetivo é o de despertar o interesse pelos livros por parte das crianças, mas também de desafiá-las a colocar a imaginação pra funcionar, vivendo a experiência de ser autor/escritor (a).

Foi o que aconteceu com a turma 42 (quarta série do ensino fundamental, da professora Vera). Após termos contado a história João Boboca ou João Sabido?, desafiamos os alunos para produzirem um outro final para a história (“como você gostaria que a história acabasse?”), ou: “Imagine outro final para a história”.

Essa história, da escritora Rosane Pamplona, tem como personagens principais o caipira João, e sua esposa Maria. Incentivado por Maria, João vai à cidade trocar sua vaca malhada por uma outra coisa. Só que no caminho ele cruza por outros espertos “negociantes”, e acaba fazendo várias trocas (boas ou más?.. Isso é o leitor que decide). Ele se parecia boboca, e muitos quiseram tirar proveito de sua ingenuidade. De qualquer maneira, vamos manter o suspense e convidar o leitor a ler o livro. Apenas citamos a dúvida final:

No final do troca-troca
quero ver bem respondido:
o sabido era o boboca
ou o boboca era o sabido?

A história a seguir é re-criação da aluna Maria Eduarda Albrecht Schmalz, da turma 42. Observem o vôo imaginário de nossa jovem escritora!


João e sua mulher, Maria, viviam numa casinha simples, num pequeno sítio. Ambos queria reformar a pequena casa, mas o pouco dinheiro que ganhavam não chegava nem para alimentar sua magra vaquinha

Maria, então, pediu para João ir à cidade trocar a vaquinha por algo mais útil para eles. No caminho, João encontrou um pastor cuidando de lindas cabras. Então o pastor perguntou se ele gostaria de trocar sua vaquinha por uma das cabritinhas, e João aceitou e foi andando.

No caminho passou por uma carroça cheia de gansos. João quis trocar a cabrita por um daqueles gansos. Houve a troca e João foi andando.

Mais adiante João encontrou um homem com um galo embaixo do braço. Esse pediu para trocar o lindo ganso pelo seu galo. João aceitou e foi em frente. Mais adiante encontrou um menino que carregava um passarinho dentro de uma gaiola. Fizeram a troca e, logo depois, João chegou à cidade. Ele sentou no banco da praça para descansar com o passarinho, e ficou surpreso ao ouvir o passarinho cantar e dançar. Mas ficou mais surpreso ainda quando ouviu o passarinho dizer:

- João, seu cabeça de melão,
não vá me trocar
por um punhado de feijão!

João não acreditava no que via! O passarinho era mágico!

Nesse instante passou um grande circo pela cidade. Então João teve a idéia de fazer do passarinho uma grande atração. Mostrou seu talento para o dono do circo, o qual na hora topou trocar o passarinho por materiais de construção.

E não é que o João tinha razão? Ele pôde reformar sua casinha e o material que sobrou ele vendeu para uma loja. Com o dinheiro que ganhou João comprou uma vaquinha, uma cabrita, um lindo ganso e um galo... E sabem o que mais apareceu? O tal do passarinho cantor! João e Maria ficaram muito felizes pois, além da casinha nova, eles agora tinham vários bichinhos de estimação!

Clipe