BETONEIRA




Betoneira
que não cansa
e não fala
e não coça
pulga atrás
da orelha.

Não lamenta
a vida.

Betoneira
insaciável
e faminta.

Engole pedra
bebe água
massa faz.

O servente
se esfacela
e oferta
músculos
à rotina.

A construção
na avenida
faz gracejos
atrevidos
aos que passam.

Clipe